Domingo, 22 de Setembro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias | Geral

Locutor de rádio no Paraná é acusado de homofobia após recusar a tocar Pabllo Vittar

Polêmica ocorreu durante o pedido de um ouvinte

12/09/2019 | 09:30 - Atualizada em 12/09/2019 | 09:36

ig/momentomt/Otavio Ventureli 0011914/MTE/DF

 

     Nesta quarta-feira (11) um áudio envolvendo Emerson Antunes, locutor da rádio Panorama , do Paraná, gerou polêmica na internet.

     Na gravação, um fã pede que uma música de Pabllo Vittar seja tocada, mas o radialista se recusa a atender o pedido. Segundo ele, após saber como "ele se apresenta", como drag queen, resolveu não tocar mais na estação.

     "Rapaz, tem gente que gosta da Pabllo Vittar ainda? Uma vez eu até toquei aqui o tal do Pabllo, mas aí eu comecei a prestar atenção, por eu não conhecia, né? Depois que eu descobri a forma ele se apresentava, aí não rolou mais. Pabllo não adianta pedir, porque eu não vou. Nada contra o cantor, mas a questão é que ela vozinha dele não fechou", disse o locutor. 

   
      Emerson ainda enfatizou que, apesar dos pedidos, não iria tocar músicas da drag queen : Nada contra o Pabllo, em hipótese nenhuma, mas sim contra as músicas que ele canta. Não vai rolar, essa eu vou passar".
 

     Além da negativa do radialista, as risadas ao fundo do áudio, apontadas como deboche, pioraram a situação. No Twitter, internautas acusaram Emerson Antunes de homofobia por suas declarações contra Pabllo Vittar . Até o momento, ele não se posicionou sobre o assunto.

 

 

 



 
Sitevip Internet