Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias | Política

Mira Cidadão revela que Empreiteira ligada a Deputado é a que mais fatura do Governo de MT

Números estão disponíveis no Portal de transparência do Executivo

11/09/2019 | 10:09

Assessoria/momentomt/Otavio Ventureli 0011914/MTE/DF

 
      De janeiro a agosto deste ano, o governo Mauro Mendes (DEM) já desembolsou pouco mais de R$ 299 milhões para investimentos em obras de estradas e pontes no Estado.
 
     Os números estão disponíveis no Mira Cidadão, um portal de transparência do Executivo.

     Conforme o Mira Cidadão, em 2019 os valores foram pagos a um total de 106 empresas, sendo a Construtora Tripolo a que mais recebeu.

     A empresa, que é ligada ao deputado estadual Ondanir Bortolini(foto), o Nininho, recebeu pouco mais de R$ 27 milhões.

     Segundo informações da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra), entre as obras tocadas por esta empresa estão a pavimentação na MT-010 (na divisa de Tesouro e General Carneiro) e serviços de restauração na MT-130 (entre Primavera do Leste e Paranatinga), por exemplo.

     Entre as cinco empresas com maior volume de recebimento também aparece a Cavalca Construções e Mineração, com R$ 22,8 milhões.

     São de responsabilidade da Cavalca, obras como a construção de pontes no entroncamento da MT-244, entre Nova Brasilândia e Planalto da Serra, e no entroncamento da MT-251, no Lago do Manso e Chapada dos Guimarães.

     A  Destesa Engenharia e Construções recebeu R$ 15,7 milhões neste ano. Entre os contratos, estão o de construção de pontes no entroncamento da MT-251, no Distrito de Agua Fria e Manso; além de obras relativas ao programa MT Integrado nas MTs 415 e 251.

     Entre as empresas que acumulam maior volume de recursos também estão a Rivoli, que recebeu R$ 15,1 milhões e a Engeponte Construções, para a qual foram pagos R$ 14,8 milhões.

    Conforme mostram os dados do Mira Cidadão, o mês de julho foi o que o Governo mais realizou pagamentos em obras de pontes e estradas, sendo pouco mais de R$ 83,3 milhões.

     Seguido pelo mês de agosto, quando foram contabilizados R$ 72,3 milhões em pagamentos.

     Assim que assumiu o Paiaguás, no mês de janeiro, o governador Mauro Mendes praticamente não fez qualquer tipo de pagamento nesta área. O gráfico contabiliza apenas R$ 252,00.

     Em fevereiro, os pagamentos somaram R$ 22,4 milhões, aumentando para R$ 37,7 milhões em março.

     No mês de abril, os pagamentos diminuíram drasticamente: R$ 8,4 milhões. O montante saltou para R$ 33,6 milhões em maio, chegando a R$ 40,9 milhões em junho.

     Os dados revelam também que o maior volume de investimentos (R$ 251,8 milhões do total) foram destinados ao programa Pró-Estradas.
 
Sitevip Internet