Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias | Cidades

Parlamento cuiabano faz história ao dar ‘voz’ a surdos e mudos na Tribuna Livre

10/09/2019 | 18:00

Câmara de Cuiabá MT

Pela primeira vez na história do Parlamento Cuiabano, a Tribuna Livre – um espaço reservado à população durante as sessões plenárias da Câmara Municipal – foi utilizada por surdos e mudos. Na tribuna, a linguagem de sinais foi traduzida pela interprete da Câmara de Cuiabá, Rose Cinara.&nbsp
O presidente da Associação dos Surdos-Mudos de Mato Grosso, Fabiano Marcelino, o professor Cleisson Alex e a professora Karine Paes de Barros utilizaram o espaço nesta terça-feira (10) para relatar as dificuldades vivenciadas pelas pessoas com deficiência auditiva.&nbsp
A ação aconteceu por iniciativa do vereador Dilemário Alencar (PROS), que preside a Comissão de Amparo à Criança, aos Adolescentes, Idosos e Pessoas com Deficiência, do Legislativo Municipal.&nbsp
Na ocasião, o parlamentar argumentou que o propósito do convite é porque as autoridades precisam ouvir as reivindicações das comunidades dos surdos sobre as políticas públicas que o Poder Municipal deve elaborar para atender esse segmento social.
Dentre as muitas reclamações, os surdos-mudos destacaram as grandes dificuldades que encontram para estabelecer comunicação a fim de receber atendimento em bancos, nas repartições públicas e no comércio em geral.
Os surdos-mudos também reclamaram o direito de participar de modo diferenciado nos sorteios de casas próprias realizados pela Prefeitura. O vereador lembrou que existe Lei Federal que garante esse direito a pessoas com deficiência. Ele, então, fez uma apelo ao Prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) para que atenda essa reivindicação quanto ao sorteio das casas do Residencial Nico Baracat.
Em razão dessa situação, Dilemário anunciou que vai propor a realização de uma Audiência Pública. “Isto, para debater com autoridades e segmentos sociais os anseios da comunidade de surdos e também de outras compostas por pessoas com deficiências, cegos e cadeirantes, por exemplo. Precisamos dar voz a essas pessoas”, finalizou.

Etevaldo de Almeida | Câmara Municipal de Cuiabá



Imprimir Voltar Compartilhar:  
</div

Fonte: Câmara de Cuiabá MT
 
Sitevip Internet