Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias | Tecnologia

Ferrari revela novo 812 GTS, o conversível mais potente do mundo

09/09/2019 | 17:15 - Atualizada em 09/09/2019 | 19:20

IG Carros e Motos

A Ferrari mostra oficialmente o 812 GTS, o conversível mais potente do mundo, com motor de 800 cv. O novo modelo será feito em série e não fará parte de um lote de produção limitada, informa a fabricante. Havia rumores de que a marca italiana estava desenvolvendo algo do gênero, o que acabou sendo confirmado.

 

Trata-se da versão com capota retrátil da Ferrari Superfast, da qual a 812 GTS herdou o mesmo conjunto mecânico, que inclui o motor V12, de 800 cv e brutais 73,3 kgfm de torque a nada menos que 7.000 rpm, números, de fato, superlativos.  Quer mais? Para acelerar de 0 a 100 km/h são necessários menos de 3 segundos e, se o juízo deixar, pode-se atingir 340 km/h.
 

A Ferrari também diz que o 812 GTS é o primeiro modelo da marca feito em série com motor V12 dianteiro em meio século, já que o último que se tem notícia foi o 365 GTS/4, também conhecido como Daytona Spider , um dos carros que apareceram na série americana Miami Vice.
 


 Desde 1969, houve apenas séries especiais com um V12 montado na frente, como os modelos 550 Barchetta, em 2000, a Superamerica, em 2005 e a F60 America, em 2014, com apenas 10 exemplares produzidos.
 

 Mais detalhes da Ferrari 812 GTS

Divulgação
Interior da 812 GTS segue os detalhes da versão cupê, a Superfast, ambas com o mesmo conjunto mecânico

 A capota do 812 GTS pode ser aberta em apenas 14 segundos apenas pressionando um botão e contanto que o velocímetro não esteja marcando mais de 45 km/h. Também existe uma tela escamoteável, que pode ser usada para reduzir a turbulência do ar no interior do carro em velocidades mais altas e ajuda a desfrutar do ronco do V12.
 

Na comparacão com a Ferrari Superfast, a 812 GTS tem diferenças no desenho da parte traseira que recebeu um novo porta-malas, difusores de ar e outros detalhes para melhorar a aerodinâmica, além de proteções em caso de capotamento. Houve também a inclusão de apêndices aerodinâmicos na dianteira. 



Fonte: IG Carros e Motos
 
Sitevip Internet