Domingo, 22 de Setembro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias | Agro

Ministério da Agricultura publica reclassificação de 1.854 agrotóxicos com uso autorizado

O novo marco regulatório de agrotóxicos da (Anvisa) ampliou de quatro para cinco os graus.

30/08/2019 | 15:40

canalrural/momentomt/Otavio Ventureli 0011914/MTE/DF

 
     O Ministério da Agricultura publicou nesta sexta-feira, 30, a nova classificação toxicológica dos 1.854 defensivos agrícolas com uso autorizado no país.

       Os agrotóxicos são classificados de diversas maneiras: quanto ao seu modo de ação no organismo alvo, em relação à sua estrutura química, quanto aos efeitos que causa à saúde humana, pela avaliação da neurotoxicidade. 
 
     O novo marco regulatório de agrotóxicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)  ampliou de quatro para cinco os graus.
 
     Dos 1.854 produtos reclassificados, 43 foram definidos como extremamente tóxicos (categoria 1 – faixa vermelha), 78 como altamente tóxicos (categoria 2 – faixa vermelha), 127 como moderadamente tóxicos (categoria 3 – faixa amarela), 580 como pouco tóxicos (categoria 4 – faixa azul) e 868 como improváveis de causar dano agudo (categoria 5 – faixa azul).
 
     Também foi criada a categoria “não classificado – faixa verde”, válida para produtos com potencial de dano baixíssimo, como os biológicos. Na nova listagem, 158 defensivos em uso no país têm essa definição.
 
     As novas regras adotadas pela Anvisa adequaram o processo brasileiro ao utilizado no resto do mundo. O prazo para atualização dos rótulos e bulas é de até um ano.
 
Sitevip Internet