Domingo, 22 de Setembro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias | Esportes

Adriano e Dani Alves voltam a se cruzar nesta quarta(21) na Arena da baixada às 19 Hs

Multicampeã no Barcelona, dupla tenta manter o embalo após a reestreia no futebol brasileiro

21/08/2019 | 09:57

ge/momentomt/Otavio Ventureli 0011914/MTE/DF

 
    Os caminhos de Adriano e Daniel Alves voltam a se cruzar no duelo entre Athletico  e São Paulo, às 19h15 desta quarta-feira(21), na Arena da Baixada, em jogo adiado da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.
 
    Companheiros no Barcelona e na seleção brasileira sub-20, os laterais estão de volta ao país e com um pensamento muito longe do fim da carreira.
 
    Adriano e Daniel Alves jogaram juntos pela primeira vez na Seleção de base. Eles, inclusive, ajudaram o Brasil a conquistar o Mundial sub-20 em 2003. O hoje lateral-esquerdo do Athletico publicou uma foto daquela época no final do ano passado.
 
    A parceria da juventude virou amizade na Espanha. Adriano defendeu o Barcelona de julho de 2010 a julho de 2016. Daniel chegou antes (julho de 2008), mas saiu na mesma época (julho de 2016). Juntos, eles conquistaram 16 títulos pelo Barça, com destaque para duas Ligas dos Campeões, dois Mundiais de Clubes e os quatro edições do Campeonato Espanhol.
 
    Ainda com a camisa do Barcelona, a dupla também jogou junta pela Seleção principal, na disputa da Copa América de 2011. Adriano perdeu espaço com a amarelinha, enquanto Daniel Alves seguiu como um dos pilares da equipe, vindo a disputar as Copas do Mundo de 2010 e 2014.
 
    Depois do Barça, eles seguiram caminhos distintos. Adriano defendeu o Besiktas por três anos – conquistou um Campeonato Turco. Já Daniel Alves passou por Juventus, da Itália, e PSG, da França, e encheu ainda mais sua galeria de troféus, conquistando títulos pelos dois clubes.
 
    Atualmente dois veteranos, Adriano (34 anos) e Daniel Alves (36) decidiram voltar ao futebol brasileiro. E curiosamente ambos foram alvos do São Paulo. A negociação do Tricolor com o agora Athleticano, porém, não evoluiu e o lateral-esquerdo fechou com o Furacão.
 
    Em seus novos clubes, os jogadores mostraram que realmente ainda podem desequilibrar. Na estreia de Adriano, ele teve atuação segura no 1 a 0 sobre o Atlético-MG. O são-paulino, por sua vez, marcou o gol da vitória sobre o Ceará.
 
Sitevip Internet