Sábado, 17 de Agosto de 2019
informe o texto a ser procurado

Artigos | Otavio Ventureli

O MAU TEIMOSO QUE INSISTE EM DOMINAR O PAÍS

10/06/2019 | 22:07 | Atualizado em 12/06/2019 | 18:25

 
    Nesta segunda-feira(12), aqui em Brasília, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil(OAB), composto de um membro de cada unidade da Federação, emitiu uma nota oficial, pedindo o afastamento do Ministro da Justiça, Dr. Sérgio Moro(cujas condutas pessoal, profissional, jurídica, moral e familiar, devem e tem que ser colocadas acima de quaisquer suspeitas)), para que as investigações sobre o vazamento de  mensagens do então Juiz Moro e da Força Tarefa da Lava Jato, divulgadas amplamente pela Rede Globo(suposta devedora de mais de 1 bilhão de Impostos ao povo brasileiro), ocorram  sem qualquer suspeita. Direito da OAB? Sim, claro, não se discute, muito embora essa Entidade sempre esteja envolvida em assuntos que não lhe dizem respeito, abandonando frontalmente as missões para as quais foi criada, no então Governo do Presidente Getúlio Vargas, em 18 de novembro de 1 930. Faz tempo, hein?! Se o moderno  é investigar a todos, que se investigue, também,  a OAB, afinal, ninguém é dono da verdade, nem da razão.

    Essa parafernália de acusações por parte de alguns segmentos midiáticos, sem provas,  que vem surgindo no Governo Bolsonaro, tem por objetivo maior, criar no País, um clima de ingovernabilidade e, consequentemente, jogar a Nação brasileira contra um Presidente, legitimamente, eleito e tirá-lo do poder através da mentira deslavada, brasão da esquerda. Necessário se faz que o povo brasileiro esteja preparado para não se deixar levar por essa maldade sem limites, por noticiários(da suposta devedora de 1 bilhão de impostos), que continuam a existir no País e, o pior, que parte desses animais selvagens que deveria, no mínimo, ajudar na reconstrução do Brasil, destruído por uma esquerda sedenta de poder e ambição, faz apologia a tudo que é indesejável à uma sociedade. Foram 16 anos de uma esquerda ladra no poder, que arrombou escancaradamente os cofres públicos do povo brasileiro, afundando o nosso País em um mar de lama, além de abastecer com o nosso suor, vários Países do mundo.

    Lembro-me muito bem que, após a abertura política de 1 985, a esquerda brasileira liderada pelo PT & CIA(diga-se presidiário LULA), cantarolava em clima de êxtase que a partir daquele momento histórico, só se alcançava o poder no País através das urnas. Nesse período, ou seja, de 1 985 até 07 de outubro de 2018, os nossos militares foram humilhados, achincalhados, vítimas de mentiras escandalosas veiculadas na mídia delirante e  pela esquerda, que usaram seus meios sórdidos para tentar sepultar de vez as nossas Forças Armadas. Mas, o tiro saiu pela culatra. Os militares sofreram calados, estudaram, se prepararam, para algum dia, através do voto do povo, ocupar o Palácio do Planalto. E, o 07 de outubro de 2018, 34 anos depois, o tão esperado dia, chegou. Prova inequívoca de que o Tempo resolve tudo, absolutamente, tudo. E agora? Vão, pelo menos, tentar derrubar o Presidente, Bolsonaro na marra, mentindo, infernizando o País? Impossível!!!!!!!

    O Capitão Bolsonaro, foi eleito nas urnas. O seu Governo é composto de pessoas de boa índole, de Ministro que chora ao se deparar com tanta maldade no coração de muitos, e Bolsonaro  tem a seu favor, vários fatores que o credenciam a ser o Presidente da maior Nação do Continente, tais como, eleito nas urnas, um político de larga experiência no Legislativo brasileiro, cristão e com enormes serviços prestados ao País como integrante do Exército brasileiro. Ninguém, ninguém neste País  tem o direito de exigir do Presidente Bolsonaro que ele conserte este País em apenas cinco meses.  A bagaceira praticada pela esquerda ao longo de 16 anos foi tão violenta que não se sabe ao certo quantos anos o Brasil levará para retomar o seu desenvolvimento, voltar a ser um País cristão, com Instituições fortes respeitadas aqui, em seu território, e no exterior.

    Hoje, várias autoridades se manifestaram aqui em Brasília sobre a denúncia da Rede Globo. Uma delas, o Ministro do STF, Marco Aurélio de Melo, indicado para o Cargo pelo seu primo, o então  Presidente, Fernando Collor de Melo, em maio de 1 990. Segundo ele o Ministro, Sérgio Moro, não tem mais qualificação para permanecer no cargo. Incrível, é o Ministro Marco Aurélio de Melo, esquecer que a maioria dos Ministros do Supremo Tribunal Federa não tem, se quer, o direito de andar nas ruas, sob pena de serem enxotados pela população, como ocorreu com o Ministro, Gilmar Mendes, em um voo comercial e com o Lewandovski.  Isso nos enche de tristeza, saber que no Supremo Tribunal Federal do Brasil que, em tese, seria o guardião da Justiça, abriga juristas que não podem exercer o seu direito constitucional de ir e vir, porque o seu próprio povo não permite.

    Pelo lado do Governo, cinco Generais do Exército brasileiro se pronunciaram sobre as declarações do Marco Aurélio. Todos foram unânimes em afirmar que o Ministro, Sérgio Moro, vai continuar no cargo e é intocável.

   Vejam só, como funcionou a espionagem da esquerda contra o Ministro, Sérgio Moro: David Miranda, deputado do PSOL, é companheiro de Glenn Greennwald, editor-chefe do The Intercept, site que publicou supostas conversas privadas entre procuradores da Operação Lava Jato e o Ministro Sergio Moro, na época Juiz Federal. O famigerado caso de baixa espionagem política deixou Brasília em alerta nesta segunda-feira, dia 10 de junho.

    Miranda, que era suplente de Jean Willys e ocupou sua cadeira quando o parlamentar decidiu abandonar repentinamente o cargo, sob a alegação mentirosa de que estaria recebendo ameaças, como se fosse um parlamentar de destaque,  defendeu o companheiro responsável pela matéria. Confrontado por internautas, o Deputado Federal, Davi Miranda, atribuiu a reação negativa à homofobia.

     A acusação de homofobia há algum tempo é usada para afastar todo e qualquer questionamento feito a homossexuais. Basta que um homossexual – da esquerda – seja confrontado para que os gritos de “homofóbico” vindos da militância arco-íris comecem a surgir.  No caso em discussão, Glenn Greennwald publicou mensagens hackeadas de celulares de juízes e promotores. O responsável, que segundo Greennwald é uma “fonte anônima”, cometeu um crime gravíssimo, mas, claro, os ataques agora sofridos pelo par de jornalistas é culpa da “homofobia estrutural”.

    A dupla, Deputado Federal do Brasil, David Miranda, que ocupa a vaga do tal, Jean Willlys, na Câmara dos Deputados e seu companheiro, Glenn Greennwald,  já é conhecida por escândalos de espionagem. “Em 2013, autoridades britânicas afirmaram que o parceiro do jornalista Glenn Greenwald estava envolvido com terrorismo quando foi detido durante uma escala no aeroporto de Londres tentando transportar documentos do ex-agente de inteligência norte-americano Edward Snowden, segundo a polícia, e documentos de inteligência. O brasileiro David Miranda foi detido e interrogado durante nove horas pelas autoridades britânicas no aeroporto de Heathrow, em 18 de agosto de 2003, quando chegou em Londres, vindo de Berlim, para uma escala com destino ao Rio de Janeiro”, publicou a revista Exame.

    Pelos informes contidos em matérias veiculadas por vários órgãos da Imprensa sadia, se tem a noção exata do caráter e da índole de integrantes da esquerda brasileira que não se conformam com a eleição nas urnas do Presidente, Bolsonaro e que querem a todo custo derrubar um Governo legitimamente eleito. E, denegrir a imagem do Ministério Público Federal.

    A realidade é uma só: Muita gente, em especial aquelas maus brasileiros que “ se aproveitaram da oportunidade de mamaram nas tetas da esquerda brasileira, por longos anos e que tiveram seus interesses atingidos, vão tentar usar dos meios  mais sórdidas possíveis e impossíveis, para tentar derrubar o Presidente, Bolsonaro e seu Governo, transformando o País numa esculhambação. Será que os petistas vão conseguir? Seria ótimo se todas as pessoas de bem e do bem do Governo eleito, da Nação e do Congresso Nacional, se unissem em prol do Brasil e pela segunda vez derrubassem essa esquerda podre. Pensem nisso, para o bem de todos e a felicidade geral da Nação.
 
Otavio Ventureli é Jornalista em Brasília-DF
 
Sitevip Internet